Vacina da gripe – Por que vacinar?

Vacina da gripe – Por que vacinar?

Não sabemos se é de conhecimento das pessoas, mas quem define a composição das vacinas é a Organização Mundial da Saúde – OMS, que analisa relatórios de amostras enviadas por 114 países e identifica quais são os vírus com maior chance de circular no mundo. Com a informação em mãos, os laboratórios precisam de tempo para produzir a vacina e esse tempo não pode ser longo, para que não haja mudança dos vírus, nem curto, para que haja tempo hábil para a produção das vacinas.

Mutações

Segundo a OMS a vacina da Febre Amarela deve ser tomada apenas uma única vez na vida. Isso não acontece com a vacina da gripe, pois a proteção contra os vírus identificados dura de seis a 12 meses apenas. Por isso, a recomendação é para que as pessoas se vacinem todo ano.

Segundo especialistas, a vacina não protege contra todos os vírus da gripe, mas protege contra as formas mais graves da doença. Assim, é melhor se vacinar do que não se vacinar.

No ano passado, o país registrou 394 casos confirmados de contaminação por uma das três variações da influenza. Ao todo 66 pessoas morreram.

Vale lembrar, que a campanha nacional de vacinação vai de 23/4 a 1º/07 e as doses gratuitas da vacina serão disponibilizadas pelo SUS para os seguintes públicos:

  • pessoas a partir de 60 anos
  • crianças de seis meses a cinco anos
  • trabalhadores da área de saúde
  • professores das redes pública e privada
  • mulheres gestantes e puérperas
  • indígenas
  • pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas)
  • profissionais do sistema prisional
  • portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza

NOTA: A vacina é contraindicada para pessoas que têm alergia severa a ovo.

A meta das autoridades para 2018 é imunizar cerca de 55 milhões de pessoas que fazem parte do grupo “mais suscetível” ao agravamento de doenças respiratórias e a vacina deste ano tem a possibilidade de proteger contra três tipos de vírus da gripe: o Influenza A, nas variações H1N1 e H3N2 e Influenza B.

Com informações e trechos do Zero Hora e do G1.

 

 

 

Share

Gisela Vendramini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *