Setembro Verde

Setembro Verde

A campanha Setembro Verde chega para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos. A ideia é mobilizar a sociedade e fomentar a discussão para a criação de leis que amparem o transplantado e seus familiares durante o processo da doação de órgãos.

O Setembro Verde ocorrerá em todos os estados brasileiros e este é um assunto que deve ser considerado, lembrando que qualquer um pode precisar de um órgão em algum momento da vida.

Dessa forma, converse com seus familiares e informe o seu desejo de ser um doador. Não há a necessidade de deixar nenhum documento escrito, porém apenas os familiares podem autorizar, por escrito, a doação.

Vale dizer, que o transplante de órgãos pode ser a única alternativa de vida para uma pessoa que precisa de um órgão. O Sistema Único de Saúde (SUS) tem o maior programa público de transplante do mundo e ajuda cada vez mais pessoas a terem qualidade de vida.

O transplante é um procedimento cirúrgico que consiste na reposição de um órgão (coração, fígado, pâncreas, pulmão, rim) ou tecido (medula óssea, ossos, córneas) de uma pessoa doente (receptor) por outro órgão ou tecido normal de um doador, vivo ou morto.

Há dois tipos de doador. O primeiro é o doador vivo, que concorda com a doação, desde que não prejudique a sua própria saúde. Este pode doar um dos rins, parte do fígado, parte da medula óssea ou parte do pulmão.

O segundo tipo é o doador falecido. É o paciente com morte encefálica, geralmente vítima de catástrofes cerebrais, como traumatismo craniano ou AVC (derrame cerebral).

Os órgãos doados vão para pacientes que necessitam de um transplante e estão aguardando em lista única, definida pela Central de Transplantes da Secretaria de Saúde de cada estado e controlada pelo Sistema Nacional de Transplantes.

Saiba tudo sobre doação de órgãos:

http://portalms.saude.gov.br/acoes-e-programas/doacao-transplantes-de-orgaos/sobre-o-programa

O Maxilabor apoia o Setembro Verde!

Share

Gisela Vendramini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *