MAXILABOR TRABALHA PARA DIMINUIR ACIDENTES

MAXILABOR TRABALHA PARA DIMINUIR ACIDENTES

O Maxilabor Diagnósticos se uniu, em 2018, ao Grupo de Segurança Viária de Guarulhos com o propósito de trabalhar na educação e prevenção de acidentes no município. Sob o guarda-chuva da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana da cidade de Guarulhos, o grupo é formado por representantes do SAMU, das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Estadual, além de empresas privadas, universidade, entidades representativas de taxistas e securitários.

O Grupo de Segurança Viária se reúne mensalmente para discutir as ações de melhorias no trânsito

Diante de um grupo atuante, que trabalha em ações focadas na redução dos índices de morbidade e mortalidade causadas por acidentes de trânsito, a cidade de Guarulhos foi escolhida para participar do Projeto Vida no Trânsito, uma iniciativa brasileira voltada para a vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da saúde, em resposta aos desafios da Organização das Nações Unidas – ONU para a Década de Ações pela Segurança no Trânsito 2011-2020.

81 motociclistas fizeram o teste voluntário e anônimo e a positividade foi de 17,28%.

Coordenado pelo Ministério da Saúde, o Vidas no Trânsito tem como foco a intervenção em dois fatores de risco priorizados no Brasil: dirigir após o consumo de bebida alcoólica e velocidade excessiva e/ou inadequada, além de outros fatores ou grupos de vítimas identificados localmente a partir das análises dos dados.

 

Blitz Integrada da Lei Seca

Uma das primeiras ações do Maxilabor junto ao Grupo de Segurança Viária, na cidade, aconteceu em 2018 quando o laboratório participou de uma ação fiscalizatória e educativa na Blitz Integrada da Lei Seca e pode aplicar o Kit Presto Saliva sem Álcool em condutores de forma voluntária e anônima. O resultado desses testes foi apresentado ao Grupo, assim como todos os demais resultados de outras blitze realizadas junto a motociclistas e veículos com cadeirinhas de crianças. O expressivo número de pessoas dirigindo sob efeito de alguma substância psicoativa serve para que o grupo intensifique os estudos de ações a serem aplicadas no município.

Blitz Integrada da Lei Seca

Para o Agente da PRF de Guarulhos e membro do Grupo de Segurança Viária, Grutter, “o uso do teste hoje é essencial para a fiscalização. Temos inúmeros exemplos de condutores que dirigem sob efeito de drogas. Cada vez mais presenciamos condutores sob o efeito de cocaína, pois eles estão trocando o rebite por cocaína”, avalia e continua “o teste é rápido, simples e similar ao teste do etilômetro, que já fazemos, e essas ações são excelentes, pois indicam de forma real qual o tamanho do problema. Com certeza, é um fator preponderante para a busca de redução de acidentes.”

Compartilhar

Gisela Vendramini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *