ISO 17.025

O Maxilabor sempre pautou suas ações e atividades na excelência da qualidade dos seus processos e dos seus resultados, atuando com os mais elevados padrões de ética. Diante disso, buscou certificar seus processos, garantindo que a sua qualidade fosse reconhecida internacionalmente através da acreditação dos seus ensaios.

Assim, em 2007, buscou e obteve a acreditação, pelo INMETRO,  em amostras de urina, com base na NBR ISO 17.025:05.

Em 2012, incluiu uma nova análise na sua acreditação: a triagem de Urina por Imunoensaio. Com isso, todo o processo de análise toxicológica em urina ficou acreditado, reforçando a confiança nos resultados e a garantia da sua preocupação com a Gestão da Qualidade da empresa.

Em 2015, começou a realizar a análise toxicológica em amostras de cabelo/pelo, sendo novamente ampliada a sua acreditação, incluindo, em janeiro de 2016, o ensaio de Análise Toxicológica de Cabelo e Pelos por LC MS/MS. Isso permitiu o seu credenciamento junto ao DENATRAN, autorizando-o a realizar as análises em atendimento à Lei do Caminhoneiro.

Na busca contínua por melhorias e aprimoramentos, o Maxilabor desenvolveu novos métodos de análise para cabelo, urina e saliva e, novamente solicitou a acreditação destes novos métodos.