skip to Main Content
0800 100 2365 contato@maxilabor.com.br
JANEIRO ROXO – Hanseníase

JANEIRO ROXO – Hanseníase

  • Geral

Você sabe o que é hanseníase?

A hanseníase é uma doença infecciosa mais conhecida como lepra. É causada por uma bactéria e considerada uma das doenças mais antigas, com registro de casos há mais de 4000 anos, na China, Egito e Índia.

Como identifico a doença?

A hanseníase pode apresentar manchas mais claras, vermelhas ou mais escuras na pele, pouco visíveis. Estão associadas à perda de sensibilidade, pelos e transpiração no local.

Podem surgir dormência e até retração dos dedos e na fase aguda podem aparecer caroços ou inchaços em partes frias do corpo como orelhas, mãos, cotovelos e pés.

Como é transmitida?

Através da convivência muito próxima e prolongada com algum doente infectado pela doença (que não se encontre em tratamento), por contato com gotículas de saliva ou secreções do nariz.

ATENÇÃO: Tocar a pele do paciente NÃO transmite a hanseníase, visto que cerca de 90% da população têm defesa contra a doença. O período de incubação (tempo entre a aquisição a doença e da manifestação dos sintomas) varia de seis meses a cinco anos e a maneira como ela se manifesta varia de acordo com a genética de cada pessoa.

Tem cura?

Sim, mas se não tratada pode deixar sequelas. Caso tenha suspeita de hanseníase, procure por um dermatologista que poderá fazer uma avaliação clínica, fazendo testes de sensibilidade, palpação de nervos, de força motora, entre outros. Se o profissional entender necessário, pode realizar a baciloscopia, que é a coleta da serosidade cutânea, colhida em orelhas, cotovelos e na lesão de pele, ou solicitar a biópsia da lesão ou de uma área suspeita.

Qual o tratamento?

O tratamento para hanseníase é feito através de medicação e é oferecido gratuitamente na rede de saúde pública (SUS). Varia de seis meses a um ano, podendo ser prorrogado. Após a primeira dose da medicação não há mais risco de transmissão durante o tratamento e o paciente pode conviver em meio à sociedade.

IMPORTANTE: O tratamento é eficaz e tem cura. 

É possível prevenir?

A melhor forma de prevenção é o diagnóstico precoce, pois só ele poderá determinar o tratamento adequado. É possível, também, que seja indicada a vacina BCG para a melhor resposta imunológica dos contatos do paciente.

VALE DIZER: é importante ter hábitos saudáveis, evitar o cigarro e álcool, praticar exercícios, além de boas condições de higiene.

No último domingo do mês de janeiro (31/01/2021, este ano) é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase. É preciso erradicar de nossa história o passado marcado pela discriminação e isolamento de pacientes.

O diagnóstico precoce pode ser a cura para a maioria das doenças. Na dúvida, procure um médico.

O Maxilabor apoia a conscientização sobre a hanseníase!

 

Com informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

 

 

Back To Top
COMUNICADO IMPORTANTE

PREZADOS CLIENTES,

Para atender a demanda do novo Código de Trânsito Brasileiro, informamos que as coletas realizadas a partir de 19/04/2021 serão liberadas no prazo MÁXIMO de 2 dias úteis, a partir do recebimento da amostra no laboratório.

Para tirar dúvidas ou realizar agendamentos, entre em contato atráves da Central de Relacionamento pelo 0800 100 2365, email contato@maxilabor.com.br ou chat.